Revista Online Conexao Afro

Archive for Fevereiro, 2012|Monthly archive page

Celebração dos 78 Anos do Ilê de Mãe Carmen de Oxalá – REDOBRAM OS TOQUES DOS TAMBORES

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 28, 2012 at 12:48 am

N°o1- 28 de  fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Dia 8 de fevereiro de 2012. Esse dia, para os que vivem dentro da Assobecaty, foram realizadas as mesmas coisas que são feitas todos os outros dias.  Temos o compromisso de compartilhar os sentimentos que nos revigora neste dia, pela passagem da data, que significa fazer 78 anos de existência e 24 de documentação jurídica. É nesse sentido que a familia Assobecatyana  partilha o sentimento de respeito aos nossos ancestrais, assim como,  de orgulho e compromisso por fazermos  parte da raiz viva do feminino negro dentro do axé, além de  sermos uma pequena porção do pedacinho da África no Brasil.

O Primeiro Momento

Nesse aspecto é que a diretoria da Assobecaty com Mãe Carmen de Oxalá filhos e filhas de Santo,  planejaram e organizaram, com muito  carinho P2050013cada momento da atividade. Capricharam nos detalhes, inclusive tendo o cuidado  em delimitar dois espaços,  sociais – cívico e religiosos. Além de dividir a celebração em  8  momentos.

 

P2050010

A cerimônia foi vinculada a uma das característica marcante do terreiro. Rememorando,  o terreiro de Mãe Carmen de Oxalá é  reconhecido por órgãos oficiais  como o terreiro do Brasil,  referência  em comunicação, por  buscar  no Ministério de Comunicação a primeira solicitação de concessão pública para Rádio Comunitária além de ter trabalho que inclui 42 Blogs e Redes Sociais, com versão online e impresso  do Jornal Conexão Afro, a revista Conexão Comunitária, Revista Online Conexão Afro. No  inicio da noite aconteceu na Av. Lupicinio Rodrigues o lançamento da revista Rede Cultura na Rua. A  revista  escrita por jovens da comunidade   faz parte dos 8  Micro – Projetos do Territórios da Paz o qual  a entidade ASSOBECATY tem gestado com muito sucesso.

P2050009P2050015

O Segundo Momento

Mesmo tendo sido escolhido  lançar a Revista Rede Cultura na Rua, na data super  importante como no dia do aniversário de fundação da entidade gestora dos Projetos, foi pensado receber a comunidade do Bairro Jardim Santa Rita , em espaço neutro.  A cerimônia do lançamento ocorreu no Salão de Festas do Super Mercado Atual,  onde  foram recebidos  autoridades políticas, civis,  lideranças religiosas e  comunitárias  abrindo novas possibilidades de relação  com a comunidade, e novos espaços socias.

Apresentação do resultado das oficinas do Projeto Mídia na Rua, contou com o testemunho de autoridades com mais alto grau de comprometimento  100_7431 (1)com o Inclusão e desenvolvimento sociocultural do povo brasileiro. O Senador Paulo Paim foi representado por seu assessor Santos Fagundes, Ministério da Cultura Carla Ribeiro e Assembleia Legislativa – Gabinete Dep Daniel Bordignon e Dep Federal Ronaldo Zulke, por  Angelica Mirinha. Além de representações de vários segmentos expressivos da  comunidade.

A Rede Cultura na Rua lançando sua revista. Resultado dos Microprojetos Territórios da Paz – em Guaíba, oficina de Carmen Lúcia de Oliveira. A apresentação do trabalho à comunidade acompanhará as atividades alusivas aos 24 anos de conotação jurídica da ASSOBECATY e 78 anos de tradição na religiosidade de Matriz Africana. A cerimônia teve inicio  às 20hs  quarta-feira – dia 08 de fevereiro no Salão de Festas do supermercado Atual – Avenida Lupicínio Rodrigues, 1096 Bairro Sta Rita – Guaíba/RS. 

A abertura ficou por conta do Prof Gringo que homenageou com uma ladainha, de sua autoria, a  Rede Cultura na Rua, o mesmo estava companhado com seu mestre hierárquico Gato Preto do Grupo de capoeira Guarda Negra.

Após a finalização do lançamento  os convidados estavam sendo aguardados no Ilê de Mãe Carmen de Oxalá

O Terceiro  Momento : Check in no salão

Mãe Carmen de Oxalá com alguns filhos, se deslocaram na frente para checar os serviços  que estavam sendo colocado a disposição dos convidados.

Check in no salão

DSC04950 

Denise aromatizando o ambiente Ok.

DSC04951DSC04994 

André no som Ok,                                          Rede Cultura na Rua :  Grazi Gatona diz fimagem Ok

DSC04959DSC04957DSC04961

O Chef de Cozinha  Luciano Bandeira e sua equipe, mais conhecido como mago das panelas ex Chef do Plaza São Rafael, foi o responsável pelo DSC04956DSC04962Cardápio que foi servido no jantar. Ok

DSC04955DSC04958

o Chef com sua equipe aguarda a presença de Mãe Carmen de Oxalá  para aprovar e dar início ao serviço de jantar. A Yalorixá autorizou o inicio do terceiro momento da  celebração dos 78 anos de existência do terreiro que foi de sua Mãe biológica;

DSC05002DSC05003

Água gelada, refri gelado sevidos pelo garçom Jorge, Ok.

Quarto  Momento  – Foi aberto  o sofisticado jantar,  do género bufett, com imenso glamour.

DSC04964DSC04967

Garantindo o principio masculino e o principío da senioridade Pai Roni de Ogum foi convidado abrir o Buffet. AJEUM

DSC04966DSC04970

DSC04968DSC04977

Garantindo o principio feminino Mãe Bere de Oxum                             Mestre Gato Preto – Grupo de Capoeira Guarda Negra

DSC04979

O bufett Quente

DSC04976DSC04971DSC04972

DSC04978DSC04973DSC04974

DSC04965DSC04975

DSC04982

Niara de Oxalá- Pelotas, Coordenador de Políticas de Ponto de Cultura ,  João Pontes,Luis,  Flávio oficineiro de Grafite; Trampo 

Ambientes diferenciados garantiram o conforto dos convidados: serviço americano e mesas ao ar livre na área externa da casa.

Quinto  Momento  – Apresentação do salão

O SALÃO DOS ORIXÁS COM TOQUE BRANCO

 Parecia  um sonho , mas a noite de quarta- feira (8/2) foi real e inesquecível por todos que passaram na celebração de aniversário da Assobecaty.
A decoração do salão dos orixás, o branco simbolizando paz, serenidade, luz.

DSC04983DSC04985

Para agradar  Pai Oxalá, foram  utilizados enfeites  brancos, no intuíto de proporcionar ao ambiente a irradiação do axé do “Orixá Fun Fun” pano branco,  O compusê do piso  em azul.

DSC04987DSC05050DSC05049

A suavidade do salão todo decorado na cor branca com detalhes em prata refinam o tom branco, dando naturalidade ao ambiente, que fica com um toque de delicadeza e transmite conforto espiritual.

DSC04984DSC05047

Nas terreiras existem dificuldades históricas que cercam esses espaços tipicos, uma delas é atender pessoas de baixa renda, conseguentemente ficam poucos recursos, com pouco dinheiro para decorar a casa de religião, é nas dificuldade que brota a criatividade dentro das comunidades tradicionais de terreiras, sempre foram muito ativadas , a assobecaty procura até os dias atuais fazer tudo o que for possivel a mão e dentro do ilê, por acreditar que todas as coisas que  passa pelas mãos , sempre será valorizado, por carregar e transmitir ,  axé que , é , sagrado  .

O Sexto Momento

Existem momentos que devem ser registrados, este é um deles.

Rodeada por autoridades religiosas e civis , na companhia da familia , parceiros amigos e dos filhos de santo. Mãe Carmen de Oxalá, mulher negra, nomeada pelos orixás para a dificil missão de suceder sua mãe biológica, “ Iyá Quina de Yemanjá” cuidando e  zelando  pela herança. Autorizou o inicio do sexto momento da celebração dos 78 anos de existência do terreiro que foi de sua Mãe biológica.

Mestre de Serimonial Denise F

Cerimonialista  Denise Flores  conduz os momentos emocionantes pela mistura de sentimentos de revenrenciar o passado, as recordações saudando o presente .

A Matriz cultural brasileira tem muitas cores. Para cada cor , muitos tons, para estes tons os acordes étnicos da composição dada por negros e negras, que no nosso país, são depositários das várias nações do continente africano. Cultivar as raizes civilizatórias, remontando por meio do culto aos orixás a família mítica africana , impediu que a nossa identidade se dissipasse nas arguras da narração oficial da história brasileira.

426219_327521747283758_100000778066311_842480_1437957953_n

Da esquerda para a direita Baba Xandeco de Xango, Representante do Ministério da Cultura, Margarete Morães, Representante da Assembléia Legislativa Gabinete do Deputado Estadual Bordinhom, Algelica Mirinhã, Pai Roni de Ogum e Mãe Carmen de Oxalá

DSC05013DSC05014 

Mãe Neusa de Oxum, Pai Felipe de Iansã,

 

ASSOBECATY- Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá designada também por Assobecaty, se reconhece como um espaço de tradição cultural, tanto pelas práticas religiosas em si quanto pelos 24 anos de conotação juridica , mas prioritariamente, por ser apropriada da trajetória ancestral que cruzou o oceano desde África, são 78 anos vivenciando os  fundamentos da tradição.

.DSC05017427769_322300011139265_100000778066311_831260_591781421_n

Coordenador de Políticas de Ponto de Cultura , João Pontes

Os rito sagrados dos nossos costumes comemoram a vinda dos orixás ao Ilê, comemoração para nós é fonte de agradecimento, alegria e divisão desse Axé. Este mês  especialmente, a Assobecaty redobra o toque de seus tambores por que toca pelo ano de 2012 , que é regido pelo orixá Oxalá, também em agradecimento aos 77 anos antes deste.

 DSC05021DSC05022

A Herança que Mãe Carmen de Oxalá carrega,  entregue a ela por sua mãe biológica Iyá Quina de Yemanjá, encerra uma pequena porção desta àfrica , essesncialmente o que chamamos de povo brasileiro.

Em nome de nossa ancestralidade em memória Iyá Quina de Yemanjá e sob a direção civil e o comando  religiosos de Carmen Lucia Silva de Oliveira – Yalorixá Carmen de Oxalá, foi dado inicio as comemorações dos 24 anos de conotação juridica da Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá.

Rodeada por autoridades religiosas e civis , na companhia da familia , parceiros amigos e dos filhos de santo.Mãe Carmen de Oxalá, passa  dar as boas vindas, aos presentes

DSC05023DSC05024DSC05025

Mãe Carmen de Oxalá ao fazer uso da palavra: inicialmente agradeceu os ensinamentos que recebeu de sua Mãe, por ter sido escolhida como sua sucessora, ancestrais ao seu orixá, por ter tido abença do Pai Oxalá e Mãe Yemanjá por estar vivênciando momentos impares que nem esse. Salientou que os passos que ASSOBECATY, vem realizando, não podem ser dados solitariamente, somente é possivel com a articulação com parceiros sérios e éticos. Pediu que as pessoas se sintam a vontade, agradeceu a presença de todos os convidados

O Sétimo  Momento – Falas dos convidados

DSCF1474DSCF1466

Representando o Ministério da Cultura : Margarete Morães

DSCF1459

Atração Cultural, ficou com a Professora Zélia Lima, que criou e interpretou  uma personagem chamada Angola, que trouxe uma linda mensagem.

DSCF1477

Professor de capoeira Gringo, agradeceu  a acolhida que Assobecaty, fez durante 10 anos para a Capoeira.

DSCF1476

Momento de agradecer ao Mago das Panelas e ao mais novo calouro da Puc, o Garçon Jorge passou no Vestibular da Puc, Receberam uma salva de palmas.

DSC05042

DSCF1459DSC05043DSC05019

Mimo Personalizado de Agradecimento

100_1737100_1745100_1742

Também, fazendo parte do Ritual, os convidados foram surpreendidos com uma forma muito delicada de agradecer a presença de todos nesta data tão especial,, foi ofertado um mimo para os convidados, No final do momento das manifestações a anfitriâ Mãe Carmen de Oxalá trocava os agradecimentos entregando um mini porta jóia em prata, contendo diversos provérbios africanos.

Oitavo  Momento: Registro fotográficos com alguns convidados

 

404533_327073033995296_100000778066311_841659_1910930937_n

Santa- Maria – Coordenador do Colegiado de Culturas Populares do Estado do Rio Grande do Sul : Pai Nei de Ogum, da cidade de Santa Maria, veio prestigiar a festa.

DSC05069

Porto Alegre – Coordenador da Comissão dos Desassistidos pela Política de Seguranaça Alimentar do Rio Grande do Sul. Baba Xandeco de Xangô, veio trazer um abraço e compartilhar deste momento festivo.

DSC05071

Os filhos do Baba Xandeco, também estão  compartilhando  deste momento festivo.

DSC05077

Guaiba – Mãe Neusa de Oxum comparreceu na Assobecaty

DSC05073                                                                                                                  

Pelotas estava muito bem representado por Tereza de Iansã, filha de Mãe Marilha de Oxum

DSC05074

Guaiba  – Mãe NIlza  prestigiou a festa

428020_287124901354732_100001716721335_724269_225296038_n

Viamão- Babalorixá  e Alábê Antonio Carlos de Xangô

DSC05078

Pelotas – Babalorixá Toninho de Bará

DSC05079DSC05081

São Leopoldo Andre de Oxalá

DSC05080DSC05084

Viamão  vice- Presidente da Assobecaty Cleomar da Rosa

DSC05006DSC05051

Esse é o momento que começam a organização  para remeter os presentes à mais pura expressão,  para  conduzi-los aos rituais de  cerimônia sagrada ,

A religiosidade na Assobecaty, se manifesta durante 78 anos através dos seus rituais, dos cânticos, da celebração, da memória dos seus ancestrais, da sua ligação com esse passado de luta resistência e sofrimento. A dimensão do “sagrado” nesse território  mitico , isto é amplo de significados, se mostra através desses aspectos, e por isso podemos dizer que a religiosidade vai além, ela é  um dos componentes  importante por fazer parte de um  sistema cultural.

 DSC05056DSC05085

DSC05055DSC05082

Também está no momento de desfrutar do axé dos orixás e do toque dos atabaques

 DSC05063DSC05034

Sob o comando do  Babalorixá e Alabé Antonio Carlos de Xangô

Com certeza, você já ouviu dizer que na África os tambores falam?

Pois bem, na Assobecaty também é assim, Eles falam, nesse espaço que sediou a cerimônia com extensa programação, realizando esta grande festa, neste momento que os tambores vão ecoar, rufar em fim evocar os orixás até o amanhecer.

DSC05087DSC05083

Os filhos de Mãe Carmen de Oxalá, demonstravam estar muito alegres, cantavam  e dançavam  com fé, humildade e devoção

DSC05098DSC05097

DSC05105DSC05110

Essas práticas, é para a nossa comunidade,  simples de nosso terreiro, tem um sentido muito especial e profundo  que determina  nossas vidas, nossas  crenças, nossos  modos de vida, nossos  sonhos, nossas  lutas, nossas derrotas ,e principalmente nossas vitórias. É,  para nós Assobecatyanos, chamamos de resistência , parabéns Assobecaty por seus 78 anos de resistência e 24 de Conotação Jurídica. 

Enviar noticias : REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com


Mãe Carmen de Oxalá
 caracoles

(51) 97010303  81810404 e 30556655

Anúncios

Festa de Mãe Oxum 2011- No Ilê de Mãe Carmen de Oxala

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 26, 2012 at 4:01 pm

N°o1- 26  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

O dia  3 de dezembro ficou  marcado na história de existência na Assobecaty, por isso  deve ser  registrado. Dia de reverenciar Orixá Oxum. Além de ser a última festa do calendário litúrgico da casa oxum da praia da alegriatradicional. O dia foi recheado de atividades culturais e religiosas,   aconteceu  Open Nacional de Capoeira, 4ª Carreata e Xirê da Mãe Oxum na Praia da Alegria. Ao retornar foi servido um jantar  seguido de toque no Ilê. Todas essas atividades para reverenciar a regente  do ano que 2011. Fazendo  jus à orixa da fecundidade, riqueza e  harmonia, com esta lista  de motivos não poderia deixar de ser uma grande festa.  Para começar o dia, Mãe Carmen  de Oxalá, reuniu os filhos que estavam no ilê, passou  instruções. Da mesma forma explicou aos seus filhos, sobre as  atividades que serão realizadas durante o dia, todas  serão desenvolvidas com parcerias sérias. A volta  da carreata,  será  servido  um jantar após, ocorrerá um toque para Orixá Oxum, ainda mais, pelo Ilê estar sendo o guardião, da história de Mãe Oxum de Praia  da Alegria. Por esses inúmeros fatores que os fillhos da entidade tem reponsabilidade dobrada.

Fala aos Filho sobre a nossa organização sa Casa para Xerê da Mãe Oxum e Chão dos irmãos (2)Fala aos Filho sobre a nossa organização sa Casa para Xerê da Mãe Oxum e Chão dos irmãos (1)

Fala aos Filho sobre a nossa organização sa Casa para Xerê da Mãe Oxum e Chão dos irmãos (3)Fala aos Filho sobre a nossa organização sa Casa para Xerê da Mãe Oxum e Chão dos irmãos (4) 

Logo após, a reunião com os filhos, O Ilê de Mãe Carmen de Oxalá, abriu suas portas para recebeu os mestre  que participaram do Open Nacional  do Grupo de Capoeira Guarda Negra, evento   que Assobecaty através da Rede Cultura na Rua, http://redeculturanarua.wordpress.com ajudou a sua elaboração. O número expressivo de convidados, da uma demostração do tamanho do evento, sob a orientação do Mestre Gato  Preto o professor Gringo, além de demonstrar que tem muita ginga no corpo,  tem muita garra, para realizar tudo que esta previsto para  acontecer, durante todo dia.

Visita ao Ilê de Iemanjá da Mãe Carmen de Oxala Mestre, professores e oficinando de Capoeira - Guarda Negra (7)Visita ao Ilê de Iemanjá da Mãe Carmen de Oxala Mestre, professores e oficinando de Capoeira - Guarda Negra (3)Visita ao Ilê de Iemanjá da Mãe Carmen de Oxala Mestre, professores e oficinando de Capoeira - Guarda Negra (8)

Mestre Chocolate- Caxias do Sul, 1 ª mestrando Didi , do RS                                                Mestranda Didi,mestre  Chocolate  , Mestre Gato Preto, Prof. Gringo, Prof.Mary e Prof. Rasta                                                                      

 

Visita ao Ilê de Iemanjá da Mãe Carmen de Oxala Mestre, professores e oficinando de Capoeira - Guarda Negra (9)Visita ao Ilê de Iemanjá da Mãe Carmen de Oxala Mestre, professores e oficinando de Capoeira - Guarda Negra (16)

Mestranda Didi, Mestre Gula- São Paulo, Chocaolate – Caxias do Sul, Gato Preto.  Urso Porto Alegre Gringo

Visita ao Ilê de Iemanjá da Mãe Carmen de Oxala Mestre, professores e oficinando de Capoeira - Guarda Negra (18)

Juventude do Guarda Negra

“Open nacional de capoeira”, é  o maior encontro aberto  que a capoeira pode proporcionar,  visa principalmente o intercâmbio dos diversos capoeiristas de vários grupos de tradições diferentes. bem como o desenvolvimento da prática e divulgação da capoeira no municipio de Guaiba, foi fundamentalmente, composto pelo concurso de ladainhas e músicas feito no hora, oficinas de capoeiras , oficinas de Macu lelê, Roda Aberta , Baptizado e Troca de Graduações, confraternização de almoço. Após passar no Ilê para receber o axé , os  capoeiristas se deslocaram para as dependências da Escola Estadual Ruy Coelho Gonçalves. Assobecaty, escola e o Guarda Negra ,vem somando esforços e investindo na rede cultura na rua, com uma grande aliança de compromisso com atual geração.

Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (20)

Um sábado de ginga, emoção, musica, capoeira na rua tem sido  instrumento de inclusão social, terapêutico e educacional para o desenvolvimento das crianças, jovens e adultos da comunidade Cohab  Jardim Santa Rita. No encerramento, mostra que a capoeira gerou oportunidades  de socialização através de intercâmbio de informações,  incetivou a prática esportiva da juventude. Estiverão entre nós, no Open Nacional  os seguintes convidados:. Mestre Gula de São Paulo, Mestre Cholcolate de Caxias do Sul, Mestre Gato Preto Porto Alegre, Mestranda Didi- Porto Alegre, Mestrando Birinha- Gramado, professoar Urso- Porto Alegre, Professor Correio- Taquara, Professor Tubarão Capãoda Canoa,Professora Mary- Porto Alegre, Professor Quik de Foz de Iguaçu, Professor Black de Canela,Professor Vagalume – Guaiba , Professor Gibi- Guaiba,Professor Rasta,  Instrutor Polenta de Capão da Canoa, Instrutor Pit Bull, insturtor jacaré de Canela , Professor Jurêrê- Guaiba, instrutora Dani e Deco- Porto Alegre, Graduado Oberdam-Porto Alegre.

Paralelamente a praia estava sendo preparada  para aguardar a procissão .

Montagem da Carreata e do Xerê da Mãe Oxum Praia da Alegria - 2011 (2)Montagem da Carreata e do Xerê da Mãe Oxum Praia da Alegria - 2011 (1)Montagem da Carreata e do Xerê da Mãe Oxum Praia da Alegria - 2011 (4)

Os parceiros foram verificar as condições da Praia, principalmente para verficar se os acordos com a prefeitura foram cumpridos, por este ano a prefeitura ficou muito distante da nossa comunidade.

As casas que compõe a Comissão da Semana Municipal da Umbanda e das Religiões de Matriz Africana, elas executam a Lei proposta pela Assobecaty, hoje é organizada e executada  pela comissão. Ainda mais. as festas, Alujá na Pedra de Xango e Gruta de Oxum , as casas  praticam permanentemente a  troca de idéias e  experiências, isto é o que era feito  de forma secreta nas senzalas, passou a ser feita  nos dias atuais de uma forma diferente, parceria saudável,  respeitosa. Passou a ser feita em eventos, conferências, publicações , seminários, blogs.

PB270028

Fazem 4 anos consecutivo que esta sendo  reconstruindo  o patrimônio imaterial e cultural através da carreata e Xirê dedicado a  Mãe Oxum  da Praia da Alegria,  esse momento trata-se de um momento especial de consolidação das bases e colheitas das sementes há tanto tempo plantadas. Com essas palavras Mãe Carmen de Oxalá sauda todos os presentes, agradecendo a todos aqueles que ajudaram e continuaram a escrever a história da Mãe Oxum da Praia da Alegria. Destacou a garra do  Pai Roni. agradeceu  aos componentes da Comissão pelo empenho dos festeiros .

 Foto do palco das altoridade presente religiosas, Públicas e artisticas (2)

Pai Roni de Ogum, Mãe Bere de Oxum, Mãe Geni de Kaiá, Pai Leonel de Oxum  Dôco, Mãe Tânia de Yemanjá, Mãe Nilza,  Mãe Viviane de Ogum, Pai Felipe Iansã,Pai Pitti de Oxalá.

Foto do palco das altoridade presente religiosas, Públicas e artisticas (4)

Pai Roni recebeu homenagens, do exemplo que representa,  por sua dedicação, sua garra e sua contribuição  para a comunidade religiosa.

P1000011PB270026

Secretário de Cultura de São Leopoldo Pedro Vasconcelos, veio prestigiar o evento 

Foto do palco das altoridade presente religiosas, Públicas e artisticas (5)

Atrás dos Alabês,  Mãe Geni de Yemanjá e Mãe Viviane e Mãe Bere de Oxum, 

PB270022PB270031

O teatrólogo Camilo de Lélis, esteve  presente  no evento , este  ano mais para fazer  uma leitura, deu  algumas orientações, mas o seu talento promete ser investido no próximo ano.

P1000007

PB270029PB270030

As saudações a Mãe Oxum foram acompanhadas de chuva de fogos. 

P1000013P1000012 

P1000010Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (22) 

Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (25)Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (27)

Mãe Carmen de Oxalá                     Yara de  Oxum  

Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (24)  Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (30)

Mãe Geni de Yemanjã e seus filhos de santo

Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (33)Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (32) 

Antonio Carlos de Xangô, Mãe Carmen de Oxalá e Teatrólogo Camilo De Lélis

Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (34)Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (25)

André Oxalá e Denise Flores      Mãe Carmen de Oxala e Denise Flores 

Oficina Nacional de inclusão Digital Vitoria - Espirito Santo - 2011 (28) PB270034

Ao chegar no Ilê foi oferecido aos convidados um saboroso,  depois foi  iniciado o  Toque Sagrado para orixá do ano 2011 , orixá festejada o dia todo pela comunidade de terreira Assobecaty.  

PB270036PB270038PB270039PB270040

 

PB270045PB270044 

PB270043PB270042

 

 

PB270052PB270053PB270051

 

PB270056PB270055

PB270060PB270061 

PB270062PB270063

 Mãe Oxum !

  PB270065

 

PB270074

Yara de  Oxum, Ana de Oxum e Zeca de Oxum

A programação teve vários momentos de comemoração organizado pela Assobecaty: Pela manhã Mãe Carmen de Oxalá recebeu na Sede da Assobecaty, O grupo de Capoeira e seus convidados para o Opem, que aconteceu durante o dia até ás 19:00. Quando iniciou a carreata seguida do Xirê na Praia . Também na chegada da Assobecaty aconteceu um toque no ilê para mãe Oxum foi  uma idéia diferente e memorável, por que, a Assobecaty tem o termo de depositária fiél da imagem , que antes tinha uma gruta na Praia da Alegria, como a Prefeitura não fez a nova gruta , a entidade realizou uma grande recepção para o retorno da procissão com alguns convidados que participaram das festividades na praia e outros que vieram aguardar a chegada da imagem de Oxum. Esse momento oportuniza, além de mobilizar a comunidade religiosa, também sensibilizar a sociedade Riograndense para que apoie iniciativas capazes de gerar novos caminhos e mudanças significativas na forma de tratar os nossos simbolos e territórios imateriais  que  nos propicia, ir além do exercicio da  fé  e sim,  afirmação de nossa identidade cultural.Ainda , todos os convidados ficarão entusiasmados com as novas expectivas que anuncia o final de um grande ano e o  começo de um novo ano, predispostos a passar uma noite  buscando o axé e abença dos orixás. Foi  também  uma  cerimônia  perfeita para agradar Oxum, As fotografias, selecionamos para a galeria de imagens, retiradas do flickhttp://www.flickr.com/photos/39835168@N03/

  Entre no Blog da Mãe  Oxum   http://grutadeoxum.blogspot.com/ 

Enviar noticias :  REVISTA

CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Editar esta entrada.

Racistas ucranianos rejeitam cantora de ascendência africana

In Conexão Afro, negritude on Fevereiro 23, 2012 at 8:32 pm

N°o1- 23 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Por racismoambiental,

Não é a primeira vez que acontece. Agora, é na Ucrânia que se levantam vozes de carácter racista, pelo fato de a representante do País no festival eurovisão da canção, não ser quimicamente pura.

Gaitante, a cantora em causa, é filha de um congolês e de uma ucraniana. Esta mistura nota-se na cor da pele e o partido nacionalista Svoboda preferia alguém mais eslavo, mais louro e de olho azul. Gaitante diz que não é ela a única atingida: “Isto não é apenas comigo, é com todas as pessoas do mundo que querem ser livres. É realmente uma vergonha que o Svoboda faça do racismo a sua ideologia. Eles têm má reputação na Ucrânia, na Europa e no resto do mundo”.

Uma das figuras maios populares da Ucrânia o antigo boxer Vitaly Klynchko já falou do assunto: “Isto começou por ser uma especulação, a nível nacional, com questões de linguagem. Eles não têm nenhuma perspectiva. Talvez queiram tirar dividendos políticos, mas não têm nenhuma perspectiva”.

Um porta-voz do Svoboda disse, entre outras coisas, que milhões de espectadores vão ver o espectáculo e reparar que a Ucrânia não é representada por “alguém da nossa raça” – a expressão é dele. Continue lendo… ‘Racistas ucranianos rejeitam cantora de ascendência africana’»

Enviar noticias : REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
(51) 81810404 / (51) 30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

ASSOBECATY- DIVULGANDO A REVISTA REDE CULTURA RUA

In Comunidade Tradicional de Terreiros, Projetos Mais Cultura on Fevereiro 22, 2012 at 8:33 pm

N°o1- 22  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Os bairros jardim Santa Rita  e Cohab, são bairros  conhecidos  como “ território de paz”  eles não costumam  ser  citados nos noticiários dos 4  jornais da cidade. Existe, espaço para citar os bairros  na seção de ocorrências policiais, ambientada como cenário de guerra entre traficantes e forças de segurança ou  palco de conflitos sociais e tragédias, enchentes e deslizamentos  e acidentes.


Consciente da necessidade urgente de alterar esse quadro, tomamos a iniciativa de elaborar o Projeto Midia na Rua, o resultado da execução do projeto é  a Revista Rede Cultura na Rua.

Com principal objetivo  de democratizar a informação e levar educação, cultura e cidadania à comunidade através da formação dos jovens repórter, visto que o impresso,  ensinou  os adolescentes  elaborar um instrumento para eles se comunicarem com  a população do bairro, para que seja um espaço, que de condições  para comunidade  apresentar suas reivindicações, reclamar seus direitos e necessidades.

Enviar noticias : REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
(51) 81810404 / (51) 30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

MANDELA TEM CONDICAO ESTAVEL

In Conexão Afro on Fevereiro 21, 2012 at 8:11 pm

N°o1- 21  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

BBC Brasil

Líder sul-africano foi internado com dores abdominais e passou por uma cirurgia, segundo a BBC

selo

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, de 93 anos, está em situação estável após ter sido submetido a uma operação abdominal, segundo apurou a BBC. As autoridades sul-africanas afirmaram que Mandela foihospitalizado de madrugada por causa de dores abdominais de longa data, para a qual os médicos indicaram “uma atenção médica especializada”.

Mandela e a família posam para foto em sua casa em Qunu, na África do Sul (17/07/2011)

Mandela e a família posam para foto em sua casa em Qunu, na África do Sul (17/07/2011)

Foto: AP

Fontes afirmaram à BBC que o ex-presidente está consciente e falando e deve deixar o hospital neste domingo. As autoridades locais também pediram que seja respeitada a privacidade de Mandela.

Em um comunicado, o atual presidente da África do Sul, Jacob Zuma, afirmou que “o amor e os bons desejos de todos os sul-africanos e do povo de todo o mundo estão com Mandela”.

Ameaças de prisão
O ex-presidente, cuja saúde vem se deteriorando nos últimos tempos, se retirou da vida pública há oito anos. Em janeiro do ano passado, Mandela havia sido hospitalizado para o tratamento de uma grave infecção pulmonar.

A última aparição pública de Mandela foi na Copa do Mundo de 2010, jogada na África do Sul.

O comunicado oficial do governo não informou em que hospital Mandela foi internado, mas algumas informações sugerem que teria sido em um hospital militar em Pretória, a capital do país.

Jornalistas que se concentraram em frente ao hospital receberam ordens para se retirarem do local e foram ameaçados de prisão caso não cumprissem as ordens.

Leia também:
‘Mandela quer que lutas justas continuem’
Em livro, Mandela afirma: ‘não sou santo’

“Problema antigo”
“Posso assegurar que o ex-presidente está em bom estado de espírito e bem”, afirmou Mac Maharaj, porta-voz da Presidência.

Ele disse à BBC que outras informações sobre o ex-presidente seriam divulgadas assim que a família de Mandela e Zuma recebessem um relatório médico completo, mas garantiu que a vida dele não corre perigo.

“Isso era um problema antigo – nada que tenha aparecido de repente e que precisasse de atenção de emergência”, afirmou Maharaj, que foi colega de prisão de Mandela em Robben Island na época do apartheid.

“Mas essa é uma questão sobre a qual os médicos que o tratam sentiram necessidade de atenção especializada, então as providências de acordo foram tomadas”, disse.

Ele não confirmou relatos de que Mandela teria sido submetido a uma cirurgia de hérnia e apelou para a “cooperação do público e da mídia”.

Segundo o correspondente da BBC na África do Sul Andrew Harding, o governo está claramente tentando controlar o fluxo de informações após outros episódios relacionados à saúde do ex-presidente gerarem especulações.

Mandela, que recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1993 pela sua luta contra o apartheid, foi eleito em 1994 o primeiro presidente negro da África do Sul. Ele governou o país até 1999, quando deixou o cargo após o cumprimento de um mandato.

Mundo : últimas notícias – Último Segundo – iG

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarme

Nei d´Ogum, abre diálogo com as Comunidades Tradicionais de Terreiras do RS

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 20, 2012 at 3:53 pm

N°o1- 20  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Prezada Mãe Carmen  de Oxalá

Agô Mãe Carmen de Oxalá

Peço a sua ajuda para divulgar os meus cumprimentos e uma apresentação de minha representação junto ao Colegiado Setorial de Culturas Populares, minha apresentação para as comunidades Tradicionais de Terreiras do Estado do Rio Grande do Sul.

fotos 10 480

—————————————————————————————————————————————-

Com sua permissão me apresento:

Sou Nei d´Ogum, cidadão de Santa Maria, militante negro, da periferia da cidade. Fui eleito, conforme processo construído a partir dos diálogos culturais, organizado pela Secretaria do Estado da Cultura do RS , através da Diretoria de Cidadania Cultural para o Colegiados de Culturas Populares, pelo  segmento de Comunidades de Terreiras para o exercício de 2011-2013. 

Venho por meio desta abrir diálogo democrático com meus pares para tratar de interesses  coletivos e para o avanço das políticas públicas vigentes e por implementar.

Colocando-me  inteiramente a  disposição, anuncio também que estou desempenhando o papel de coordenador desta mesma instância de participação da sociedade civil, eleito pelos componentes representantes dos demais segmentos culturais das manifestações populares.

Agradeço ao estado do Rio Grande do Sul, especialmente a Diretoria de Cidadania Cultural, a iniciativa da composição deste colegiado assegurando que me empenharei junto aos meus pares cumprir com lisura as atribuições entregues a mim.

Sem mais para o momento, atenciosamente

Nei d`Ogum

Coordenador do Colegiado de Culturas Populares
Titular do Segmento de Comunidades de Povos de Terreira Email:
 
neidogum@yahoo.com.br

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Assassinada – Membro da Comissão da Igualdade RACIAL -OAB – RJ

In Conexão Afro, negritude on Fevereiro 19, 2012 at 5:15 pm

N°o1- 19 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

19/02/2012

Assassinada – Membro da Comissão da Igualdade RACIAL -OAB – RJ

Vilencia praticada contra a mulher negra, advogada, e Militante do Moviemento Negro e Companheira de luta.

Membro da Comissão da Igualdade Racial da OAB – Cabo Frio – Rio de Janeiro

DRª. ISABEL CRISTINA, ADVOGADA,

NOSSA AMIGA E IRMÃ DA COMISSÃO DA IGUALDADE RACIAL

DA OAB-RJ.

POR QUE??????????

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/02/advogada-e-morta-tiros-em-cabo-frio-no-rj-diz-pm.htm

Advogada é morta a tiros em Cabo Frio, no RJ, diz PM
Mulher foi morta em casa, na frente do namorado.
Suspeitos estavam em um carro e conseguiram fugir.
Do G1 RJ

1 comentário
Uma advogada foi morta a tiros na tarde desta sexta-feira (17), dentro de casa, no bairro Guarani, em Cabo Frio,na Região dos Lagos. As informações são do 25º BPM (Cabo Frio).
Segundo a PM, a vítima estava em casa com o namorado. Dois homens em um carro entraram na residência e atiraram contra a mulher, na frente do companheiro, que não ficou ferido. A dupla fugiu em seguida.
Ainda de acordo com o 25º BPM, a polícia ainda não tem informações sobre o paradeiro dos suspeitos.
http://www.voluvia.com/?p=74164
Advogada criminalista é assassinada a tiros dentro de casa em Cabo Frio
Anúncios Shopping UOL
ADD COMMENT
Isabel Cristina Machado, de 44 anos, estava em casa com o namorado quando foi surpreendida por dois homens armados.
Uma advogada criminalista foi morta a tiros, dentro de casa, na tarde desta sexta-feira (19) em Cabo Frio. O crime foi no bairro Guarani.
Isabel Cristina Machado, de 44 anos, estava em casa com o namorado quando foi surpreendida por dois homens armados. Os bandidos encontraram o portão do quintal aberto, entraram e obrigaram o casal a sentar no sofá da sala. A vítima foi executada ao lado do companheiro, que não ficou ferido.
Segundo os vizinhos, cinco tiros foram disparados. Isabel morreu na hora e os dois homens fugiram. A perícia esteve no local, mas ainda não há pistas dos bandidos.
Most Popular –

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Editar esta entrada.

Fotos do Ritual de Saida do Bloco Ilê Aiyê

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 19, 2012 at 11:37 am
N°o1- 19  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

foto

A estilista Dete Lima arruma a rainha do bloco Ilê Aiyê. Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

foto

Deusa do Ébano, Edjane Nascimento, é preparada pela estilista Dete Lima, para reinar no desfile do Ilê Aiyê. Sábado, Curuzu

foto

Deusa do Ébano, Edjane Nascimento. Sábado, no Curuzu. Foto: Shirley Stolze

foto

Políticos prestigiam a saída do Ilê Aiyê: Antonio Brito, Nelson Pelegrino, José Sergio Gabrielli e o presidente do bloco, Antonio Carlos Vovô dos Santos. Sábado no Curuzu Foto: Shirley Stolze

foto

Pela paz de Oxalá. Presidente do bloco afro Ilê Aiyê pede proteção para o carnaval.Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

foto

Ilê pede paz. Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

Comentários e favoritas

foto

A atriz carioca, Juliana Alves, revela sua emoção ao participar do desfile do Ilê Aiyê.Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

 

Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

foto

Côrte do Ilê Aiyê: o presidente Antonio Carlos Vovô, a estilista Dete Lima e a deusa do Ébano, Edjane Nascimento Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

foto

Percussionistas da banda Aiyê. Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

Comentários e favoritas

Comentários e favoritas

foto

Sábado, no Curuzu Foto: Shirley Stolze

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Coluna Rouxinol : 5 anos sem Toy Vodunnon Francelino de Shapanan “A luta continua”

In ROUXINOL: Coluna de Egbomi Concceição Reis de Ogum on Fevereiro 18, 2012 at 8:32 pm

N°o1- 18 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

São Paulo, 18 de Fevereiro de 2012.

5 anos sem Toy Vodunnon Francelino de Shapanan

“A luta continua”


50034_100001739975050_1280693447_n (1)A Coordenação Estadual do Instituto Nacional da Tradição e Cultura Afro-Brasileira – INTECAB/SP e sua família de Intecabianas/os – Com muita saudade, mas felizes em saber que Toy Vodunnon Francelino Shapanan ajudou a revolucionar as religiões afro-brasileiras de matriz africana. A frente do INTECAB/SP onde foi pioneiro em:

– Seminários com temáticas religiosas de matrizes africanas

– Reuniões Itinerantes

– Confraternizações

– Homenagens

– Congressos

– Ministérios

– Fundações

– Fóruns

– Caminhadas, Marchas e Missas Inter-religiosas voltadas na União da Diversidade por uma Cultura e Paz. Com as participações dos Titulares e Vices da Coordenação Estadual, Membros, Conselheiros Religiosos e Conselho Consultivo Nacional.

Portanto nada foi em vão.

Seus ensinamentos, sua ética e sua postura de caráter renomado, com um olhar além do horizonte de Toy Vodunnon Francelino de Shapanan nosso ícone, o INTECAB/SP hoje com todas as dificuldades, estamos resistindo as provas que os nossos  inksses, guias, mentores, mestres, encantados, caboclos, preto-velhos e os grandes desafios que  o poder publico nos trás.

Nenhum soldado, comunidade e tribo caminham sozinhos. Acreditamos na justiça Divina e na justiça do Orixá Xangô.

Este grande aprendizado faz parte da vida de cada ser humano.

Temos a certeza que o senhor Francelino Vasconcelos Ferreira onde estiver o mesmo esteja reverenciando ao lado dos  vodus e mestres a resistência religiosa e a Fe do povo do Axé do Brasil.

Egbonmy Conceição Reis de Ógùn
Coordenadora Estadual – SP
*COMISSÃO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES PÚBLICAS

*http://intecabsp.wordpress.com/intecab-sp/
*http://www.telecentrointecabsp.blogspot.com/
*http://facebook.com/intecab.sp.brasil
*http://intecab-nucleobaixadasantista.blogspot.com/



Coordenação Executiva

Coordenadora
Maria Conceição Casemiro dos Reis
(Egbonmy Conceição Reis de Ógùn) – Nação: Ketú

Vice-Coordenador
Rozevaldo Menezes
(Babalorixá Rozevaldo de Oxumarê) – Nação: Ifan

Acesse: http://intecabsp.wordpress.com/

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Revista Conexão Afro , divulga com imensa alegria o retorno de Egbomy Conceição Reis de Ogum

In ROUXINOL: Coluna de Egbomi Concceição Reis de Ogum on Fevereiro 18, 2012 at 12:03 pm

 

N°o1- 18 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

CIRC.001/2012-INTECAB/SP

São Paulo, 18 de fevereiro  de 2012

À Coordenação Executiva, Assessorias, Comissões Estaduais, Conselho Religioso, Conselho Consultivo, Membros, Amigos (as) Apoiadores (as) Parceiros (as) do Instituto Nacional da Tradição e Cultura Afro-Brasileira – 50034_100001739975050_1280693447_n (1)INTECAB/SP

Prezados Sacerdotes e Sacerdotisas,

Senhores e Senhoras:

Ah… Chegou o ano de 2012, já estamos no 1º dia do Mês de Fevereiro, somente agora pude escrever essa mensagem e desejar-lhes que este ano seja repleto de:

– Prosperidade, saúde, sucesso, família, amor, humildade e paz

Não pensem vocês que Eu esqueceria de agradecer aos Srs. e Sras. que?

– Pediram: oraram, benzerão, mentalizarão, louvarão, materializarão, fizeram novenas, correntes, ebós e promessas para que Eu melhorasse, tive manifestações do Brasil todo com vibrações  boas ou ruins.

– Foram muitos os amigos e amigas que pude me comunicar via transporte e espiritualmente devido nossas ligações em outras vidas passadas.

– Muito obrigada…

– Mas estou aqui novamente agradecendo aos que não conseguiram ir me ver no hospital, me telefonar, me visitar em minha residência ou na sede do INTECAB-SP.

– Recuperação é um processo lento, mas o importante desse restabelecimento longo é a grande “Reflexão do dia a dia de nossas vidas” e posso dizer a Comunidade de Terreiro do Candomblé e da Umbanda que o Órixá Tempo, Irôko, Kitembo e Loko meu deram mais um longo tempo.

– Saibam também que desde o mês de Outubro de 2011 meus familiares estiveram presentes em todos os meus momentos dolorosos, bem como a família de intecabianos e intecabianas, seja via espiritualidade ou via Correio Nagô (telefone), agradeço a todos por isso.

– Nossos membros não deixaram de seguir com seus trabalhos na Assembléia Legislativa de SP, Secretaria de Cultura e Aristocrata Clube da cidade de Jaú, Premio Raça Negra na cidade de SP e palestras sobre a História da África na Zona Sul palestrada por Yalorixás que cursaram Faculdade em sua melhor idade, Lançamento do Livro 20 anos da Cone, Premiação do Oscar 2012 – Pela Organização Nacional de Valorização à Espiritualidade – ORNAVE.

Nada mudou pelo contrário cada vez mais aumenta a mina crença e minha Fé.

Informamos também que não estamos parados e nem sem Comunicação.

Egbonmy Conceição Reis de Ógùn
Coordenadora Estadual – SP

*COMISSÃO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES PÚBLICAS


Coordenação Executiva

Coordenadora
Maria Conceição Casemiro dos Reis
(Egbonmy Conceição Reis de Ógùn) – Nação: Ketú

Vice-Coordenador
Rozevaldo Menezes
(Babalorixá Rozevaldo de Oxumarê) – Nação: Ifan

Acesse: http://intecabsp.wordpress.com/

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Editar esta entrada.

Carnaval Ilê Aiyê desfila em homenagem aos ‘Negros do Sul’

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 17, 2012 at 6:50 pm
N°o1- 17  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Bahia Carnaval

Ilê Aiyê desfila em homenagem aos ‘Negros do Sul’

Quinta-feira, 16/02/2012 – 10:50

Salvador – A cultura negra presente nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estará no centro do desfile deste ano do Ilê Aiyê. O bloco afro adotou o tema “Negros do Sul. Lá Também Tem”, com o propósito de dar visibilidade a uma realidade pouco conhecida dos brasileiros: os estados do Sul não são sinônimos apenas da cultura branca e da imigração européia. A História comprova com fatos que os negros tiveram um papel marcante na construção da sociedade desses estados e hoje tem forte representatividade populacional.
No Paraná, por exemplo, vive uma população afrodescendente de cerca de três milhões de pessoas, o que corresponde a 27,4 por cento da população total do estado. Já no Rio Grande do Sul, é grande a presença de manifestações tipicamente negras, como os afoxés e os congados. O número de negros é também expressivo em Santa Catarina, apesar de ser quase inexistente o contato dessa população com os elementos mais autênticos de sua cultura.
Para o presidente do Ilê Aiyê, Antonio Carlos Vovô, a ênfase dada pelo bloco à realidade sulista casa com o objetivo geral da própria entidade: “Vemos nesse tema uma maneira de os negros do Sul ganharem a visibilidade que merecem. Por isso mesmo, para nós do Ilê, o Carnaval de 2012 será especial e histórico”.
O tema em questão será explorado pelas músicas que embalarão o bloco, escolhidas em concurso, e também pelas fantasias dos associados. Além disso, um figurino especial foi criado pela estilista Dete Lima para vestir a Deusa do Ébano deste ano, Edvania Nascimento, que desfilará em carro alegórico representando os traços culturais presentes na realidade negra dos estados de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Fonte  Jornal da Midia

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Por falta de opções, Dilma pode manter ministra da SEPPIR

In Conexão Afro, Polítca on Fevereiro 16, 2012 at 11:30 am

N°o1- 16 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Brasília – Apesar da gestão considerada apagada, a ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros, poderá permanecer no cargo, porque a presidente Dilma Rousseff estaria encontrando dificuldades para identificar nomes que se encaixem no perfil que deseja na SEPPIR, e que aceitem assumir o cargo.

A maior evidência de que a ministra poderá ficar são as exonerações de Anhamona de Brito e Ivonete Carvalho, as titulares das duas principais Secretarias – a Secretaria de Políticas para Comunidades Tradicionais (SECOMT) e a Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas (SPAA).

As duas foram substituídas, respectivamente, por Ângela Maria Lima do Nascimento, de Pernambuco, e Silvany Euclênio Silva, que já ocupava o cargo de Diretora de Programa da SEPPIR – ambas do grupo político de ONGs que dá sustentação e apoio à Luiza Bairros.

Exonerações

Os pedidos de exoneração de Ivonete e Anhamona haviam sido encaminhados à Casa Civil da Presidência no início do mês, porém, só no final da semana passada foram publicados no Diário Oficial da União. A demora foi atribuída ao fato de que o Planalto estaria cogitando da troca de todo o comando da SEPPIR e, nesse caso, não faria sentido mudar apenas peças do segundo escalão.

Com a saída de Ivonete, que pertence ao Conselho Político do mandato do senador Paulo Paim, e era indicação do Partido dos Trabalhadores (PT), a ministra optou por fechar-se em torno do seu grupo de apoio, ao invés de se abrir ao diálogo com outros segmentos do Movimento Negro, insatisfeitos com a sua gestão e que a acusam de ser avessa ao diálogo.

No caso de Anhamona, que é do PT da Bahia, ela já estava demissionária desde outubro, alegando razões de ordem pessoal. Em dezembro, voltou a colocar o cargo à disposição e, em fevereiro, depois de circularem rumores de que teria sido exonerada por telefone, anunciou que sairia de férias, a partir do dia 02. Não foi o que aconteceu:foi exonerada logo em seguida.

Nomes

O descontentamento com a gestão de Luiza Bairros ficou explícita na Esplanada quando o ex-presidente Lula sugeriu publicamente a Dilma a ida do senador Paulo Paim para o ministério da Igualdade Racial.

Paim, porém, mostrou-se reticente, e teria sido desaconselhado pelo seu grupo político. Com isso, Lula fez sondagens ao rapper MV Bill e a Celso Atayde, da Central Única das Favelas (Cufa), do Rio. Chegou a fazer uma reunião com ambos em S. Paulo, no Instituto da Cidadania e convidar Bill, interessado na visibilidade do rapper, que é ator do seriado Malhação, da Rede Globo de Televisão.

Nem Bill, nem Atayde, porém, demonstraram entusiasmo, entre outras coisas, porque a Cufa é parceira de projetos com o Governo Federal e a ida de um dos seus dirigentes, provocaria o cancelamento de convênios e a perda de recursos.

Com a sinalização negativa de Paim e Bill, passaram a ganhar força os nomes dos deputado federal Vicente Paulo da Silva, Vicentinho (foto), do PT de S. Paulo, e da sambista-deputada estadual Leci Brandão.

Leci

O nome de Leci, porém, foi descartado por pertencer a um Partido da base do Governo – o PC do B -, que tem uma representação parlamentar pequena e a cota de apenas um ministério, no caso, o dos Esportes. A escolha dela acabaria por desequilibrar o jogo de forças na Esplanada e causaria descontentamento nos demais partidos da base, com bancadas maiores.

No caso do deputado Vicentinho, embora tenha se mostrado inicialmente disposto, em contatos nesse fim de semana nas comemorações de pelo aniversário de 32 anos do PT, em Brasília, pessoas próximas a ele, lembraram a pequena estrutura e orçamento da SEPPIR, o que não permitiria a acomodação nem de sua assessoria direta. 

Mais conteúdo para você:

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

MAE NILZA PARABENIZA MAE CARMEN DE OXALA

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 15, 2012 at 6:13 pm

N°o1- 15  de  fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

DSC05074PARABÉNS MÃE CARMEM, estava muito lindo, fiquei muito emocionada,por tudo que vi, foi muito bom estar ali ,estar junto aos pais e ao seu lado , como foi bom ,acordei feliz e muito bem parabéns Mãe CARMEN

conexaoafro@gmail.com
caracoles
(51) 81810404 / (51) 30556655

maecarmendeoxala@gmail.com

Bloco Filhos Gandhy participa de campanha para combater violência contra a mulher

In Conexão Afro on Fevereiro 15, 2012 at 10:24 am
N°o1- 15  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Estive repr

Com forte trabalho na propagação da cultura de paz, o afoxé Filhos de Gandhy abraça o tema do combate à violência contra a mulher no Carnaval 2012. O objetivo da mobilização é envolver os 15 mil associados, entre baianos e turistas, numa campanha pela igualdade de gênero e divulgação da Lei Maria da Penha. O laço branco, símbolo da campanha, será atado no braço do presidente do afoxé, Agnaldo Silva, pela Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres, Vera Lúcia Barbosa, na Praça Castro Alves, no domingo (19). A saída dos foliões está prevista para 15h30, do Pelourinho.

Os Filhos de Gandhy também serão alvo, durante todo o ano, de outras campanhas de sensibilização, como combate à intolerância religiosa e homofobia, além de prevenção à AIDS. “Os Filhos de Gandhy são referência de paz. Por isso vamos intensificar essas ações, seguindo o exemplo do nosso pacifista Mahatma”, disse.

Para a secretária Vera Lúcia Barbosa,  o apoio dos Filhos de Ghandy “tem grande importância simbólica, uma vez que a Bahia está entre os primeiros estados no ranking nacional de agressão às mulheres”. As Filhas de Gandhy, que desfilam no sábado (18), também serão envolvidas nas atividades da campanha na folia e no decorrer do ano.

Saiba mais sobre o afoxé Filhos de Gandhy:

No dia 18 de fevereiro de 1949 os estivadores do porto de Salvador, estavam sentados ao pé de uma mangueira perto da sede da entidade (Sindicato dos Estivadores), preocupados com a falta de trabalho nos portos e a política de arrocho salarial, gerada pela crise do pós-guerra. Inconformados com a impossibilidade de o bloco carnavalesco “Comendo Coentro” desfilar, Durval Marques da Silva, conhecido como “Vavá Madeira”, sugeriu a ideia de colocar um bloco na rua.

A sugestão foi logo aceita entre os vários colegas da estiva como Hermes Agostinho dos Santos, o Soldado, Manoel José dos Santos, Guarda-Sol, Almir Passos Fialho, o Mica, e muitos outros que participaram da fundação do bloco Filhos de Gandhy. No primeiro dia, saíram apenas 36 participantes apesar de ter mais de 100 inscritos. Ninguém podia imaginar o que a polícia iria fazer, pois o sindicato estava sob intervenção governamental. Para evitar represálias, o fundador Almir Fialho deu a ideia para mudar a grafia do nome Gandi, inserindo as letras “dh” e trocou o “i” por “y”, ficando Gandhy.

Assim nascia o “Filhos de Gandhy” e em 1949 já desfilava pela primeira vez, como cordão. Desde a época de sua fundação até os dias atuais, o Afoxé, pioneiro da paz e com estilo próprio não parou de crescer.

Serviço:

O quê: Ação com Filhos de Gandhy

Quando: Domingo (19), às 15h30

Onde: Concentração no Largo do Pelourinho

Ato pelo fim da violência, em cima do trio – Praça Castro Alves

Fonte – SPM

Exibições: 136

Tags: carnaval, gandhy, mulheres

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Solo sagrado de Zumbi celebra 415 anos

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 14, 2012 at 10:19 am
N°o1- 14  de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

 

14/02/2012 por Da Redação

João Paulo Farias/Acervo Pessoal

Religiosos e civis sobem a Serra da Barriga onde viveu o líder Zumbi dos Palmares

Por Daiane Souza

A Serra da Barriga recebeu na madrugada desta segunda-feira (6) cerca de 100 pessoas para a celebração dos 415 anos de fundação e 318 de derrubada do Quilombo dos Palmares. A data que relembra a última batalha do Quilombo alagoano, ocorrida em 1694, foi escolhida pela representação da Fundação Cultural Palmares (FCP) em Alagoas para proporcionar, por meio do projeto De Volta a Angola Janga, a reflexão em torno do racismo e da intolerância religiosa.

Iniciado com uma celebração ecumênica, o encontro marcou a passagem do dia 5 para o dia 6 de fevereiro, especialmente para os religiosos de matriz africana. De acordo com Pai Paulo, presidente da Federação Zeladora das Religiões Tradicionais Afro-brasileiras em Alagoas, nesta noite reafirmou-se a liberdade de culto proibida há 100 anos por uma lei governamental.

Liberdade de culto – “O Xangô voltou a ser rezado alto numa terra onde esse tipo de discriminação infelizmente ainda existe”, explicou Pai Paulo, lembrando que no último 2 de fevereiro, Dia de Combate a Intolerância Religiosa, o governador Teotônio Vilela Filho pediu publicamente perdão histórico pelo massacre de mães e pais de santo ocorrido, em 1912, em Maceió.

De acordo com Pai Paulo, o marco já mostra mudanças importantes. Para citar um exemplo recente de intolerância contra religiões de matriz africana, em dezembro de 2011, a celebração onde são apresentadas oferendas à Iemanjá foi limitada em espaço e tempo na capital alagoana. “Este foi o último fato. Na Serra da Barriga, pela primeira vez nos manifestamos sem medo diante da sociedade”, relata o religioso.

Referência – Para Genisete de Lucena Sarmento, representante local da FCP, as reflexões no contexto da intolerância foram diversas, porém a data precisa ser fixada no calendário negro, como referência de um importante momento da resistência negra na história do Brasil. “Deve ser um momento de encontro com nossos desafios passados e atuais”, lembra.

Durante a subida à Serra da Barriga foram realizadas três paradas onde, a cada uma delas o ator Chico de Assis recitava poemas do ativista Abdias Nascimento e do poeta Jorge de Lima. Jovens do Grupo de Estudos Culturais Vixe Maria e da Pastoral da Juventude do Meio Popular também se apresentaram animando a noite e a recepção no platô do Parque Memorial Quilombo dos Palmares, onde foi servido o café da manhã.

De acordo com Genisete, a luta do povo negro por justiça e liberdade em busca de uma sociedade verdadeiramente democrática é uma realidade, infelizmente, ainda sem prazo para acabar. “O combate ao preconceito precisa ser uma conquista diária”, pontua, na esperança de fortalecer o debate para as gerações, especialmente as remanescentes de Angola Janga.

João Paulo Farias/Acervo Pessoal

Momento de reflexão sobre a intolerância contra religiosos de matriz africana

Palmares

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Palmares promove o Seminário Quilombo Vivo: 14 e 15 de setembro

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 13, 2012 at 5:24 pm

N°o1- 13 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

 

Por Joceline Gomes

Para discutir a promoção e proteção da cultura quilombola será realizado nos dias 14 e 15 de setembro o Seminário Quilombo Vivo: Promover e proteger o patrimônio cultural quilombola. Para participar, será necessário inscrever-se pelo site da Palmares, preenchendo este formulário. As vagas são limitadas a 150 participantes.

Direcionado a lideranças quilombolas, especialistas em políticas culturais e gestores públicos da área da cultura, o Seminário tem o objetivo de debater

Criação da Arte: Alessandro Naves Resck

estratégias de ação para garantir o reconhecimento, a preservação e a promoção do patrimônio cultural das mais de 1.700 comunidades remanescentes de quilombos certificadas.

Com base nos artigos 215 e 216 da Constituição Federal de 1988, o Seminário pretende discutir maneiras de realizar as propostas do Estatuto da Igualdade Racial e do Plano Nacional de Cultura. O evento é resultado de uma parceria entre a Fundação e a Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

Entre os temas debatidos estão: as criações artísticas, os bens culturais e o registro da memória das comunidades quilombolas; o desenvolvimento da economia da cultura nessas comunidades; a participação e o controle social dessa população na formulação e implementação de políticas culturais; o financiamento, a descentralização e a implementação de políticas públicas culturais para as comunidades quilombolas.

 

Serviço

O quê: Seminário Quilombo Vivo – Promover e proteger o patrimônio cultural quilombola
Onde: Auditório Freitas Nobre – Anexo IV Subsolo – Câmara dos Deputados – Brasília
Quando: 14 e 15 de setembro
Inscrições: clique aqui

Fonte Palmares

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

Editar esta entrada.

Arte e cultura negra são foco de protocolo firmado entre a Seppir e a Petrobrás

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 12, 2012 at 8:06 pm
N°o1- 12 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Data: 08/02/2012

Parceria foi celebrada no âmbito da campanha Igualdade Racial é pra valer e visa a valorização da cultura brasileira em sua diversidade étnica

Arte e cultura negra são foco de protocolo firmado entre a Seppir e a Petrobrás

Ministra declarou que o momento é propício para a agenda da igualdade racial no Brasil

A arte e a cultura negra estão contempladas no protocolo de intenções celebrado ontem (08) entre a Petróleo e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), no Rio de Janeiro. O objetivo da parceria é o fortalecimento das iniciativas de combate ao racismo, de promoção da igualdade racial e a efetivação de ações afirmativas. As ações, a serem definidas nos próximos meses, serão focadas em políticas de patrocínio e apoio financeiro, destinadas à valorização da cultura brasileira em toda a sua diversidade étnica e regional.

Segundo o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, o protocolo fortalece uma política já em curso, pois “a Estatal tem entre seus princípios norteadores o respeito à diversidade humana e cultural”. Na entrevista coletiva após a solenidade, o dirigente destacou que num universo de 78 mil funcionários, 18.468 se auto-declararam afrodescendentes no último censo realizado na empresa. Destes, 25% ocupam cargo de chefia.

Para a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, o momento é propício para a agenda da igualdade racial, em função da conjuntura econômica e política do país. A ministra adiantou que o atendimento à demandas de arte e cultura negra deverão ter como critério o respeito à maior concentração de manifestações dessa natureza nas regiões brasileiras. “O Nordeste, com certeza, concentra a maior parcela de grupos artísticos nesse segmento, mas o sudeste também é um pólo importante”, disse.

Proposições

Entre as propostas do protocolo estão o estímulo à realização de projetos de interesse público, fora da evidência do mercado e que contemplem a cultura brasileira em toda a sua diversidade étnica e regional; a abertura de espaço para a criação, estimulando não só o fazer artístico, mas também a ampliação das oportunidades de circulação e de fruição dos bens culturais e o fortalecimento das cadeias produtivas do setor cultural; a consolidação do trabalho de resgate, recuperação e organização do acervo material e imaterial da cultura brasileira, priorizando aqueles em situação de risco, e buscando ampliar a oportunidade de acesso público a esses acervos.

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail

▶ Coment

Morre a Diva Negra ,Whitney Houston

In Conexão Afro on Fevereiro 11, 2012 at 1:29 pm

A cantora e atriz Whitney Houston morreu

N°o1- 11 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

neste sábado aos 48 anos. Sua morte foi confirmada por sua publicista, Kristen Foster. A causa de sua morte ainda é desconhecida.

Houston gravou uma série de hits nos anos 80 e 90 e ficou mundialmente conhecida pelo filme "O guarda-costas", em que interpretava o papel principal. Ela era considerada a grande influência de uma geração de novas cantoras como Christina Aguilera e Mariah Carey.

Nos últimos anos de sua carreira, a cantora enfrentou problemas com drogas e em um casamento tumultuado com o cantor de rap Bobby Brown.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/ultimas_noticias/2012/02/120211_whi…

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail

Representante do Senador Paulo Paim nos 78 anos da Assobecaty- Ilê de Mãe Carmen de Oxalá

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 10, 2012 at 12:00 am
N°o1- 10 de fevereiro – Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Estive representando o Senador Paulo Paim no evento de comemoração dos 78 anos da Assobecaty em Guaíba, foi uma bela atividade. Parabéns Mãe Carmen e Denise pelo maravilhoso trabalho, que vocês fazem com esta comunidade.

100_7411

Companheirada, para chegar até o evento tomei 3 transportes coletivos, valeu a pena viajar no ônibus Caiense, e principalmente no barco CatSul, pois 

100_7417 (1)Trensurb100_7421Catsul- Catamarã

Na atividade encontrei companheiras e companheiros que a muito tempo não os encontrava.

100_7433

Teve a apresentação cultural dos projetos executados pela Assobecaty, através da Rede e o lançamento da revista do bairro com o nome, Rede Cultura na Rua.

100_7431 (1)

O evento teve o prestígio do Ministério da Cultura, Secretária Estadual da Cultura e do Gabinete do Deputado Daniel Bordignon.

Obrigado Marcão e Fabinho pelo apoio.

Abraço aos colegas do CIPP

Santos Fagundes

Enviar noticias :  REVISTA
CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe
Carmen de Oxala :
caracoles
  (51) 81810404 / (51)  30556655

maecarmendeoxala@hotmail

O dia 9 de fevereiro na Assobecaty Ilê de Mae Carmen de Oxalá

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Fevereiro 9, 2012 at 10:12 pm

N°o1- 09   de fevereiro  de 2012 –– RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

A homenagem aos 78 anos da casa tradicional Assobecaty, durante  a noite do dia 8 de fevereiro, foi emocionante ontem. Diz Mãe Carmen de Oxalá, fizemos uma homenagem aos 78 anos de resistência do feminino negro dentro  das Comunidades Tradicionais de Terreirosda entidade.

DSC04951Na parte da manhã, alguns filhos foram trabalhar, outros retornaram para suas cidades, outros tantos ficaram no Ilê descansando. André de Oxalá foi o  filho de santo que teve motivação e disposição para postar no facebook,  as primeiras imagens do evento. A Yalorixá no final de tarde atendeu alguns telefonemas, bateu-papo, sobre a festa. Na parte noite,  Mãe Carmen realizou no Ilê o 419834_323808004321799_100000778066311_834437_166400938_nSeminário  sobre a história das Comunidades Tradicionais de Terreiaras de  Matriz Africana no Brasil.  Sobre a festa na sua opinião, enfim, uma homenagem linda e  merecida, se Pai Oxalá quiser foi apenas um Xirê de agradecimento. O resultado desta comemoração linda,  logo, logo vai ser publicado. A espera vai valer a pena.