Revista Online Conexao Afro

A Hora de Bater Cabeça – Também fazer o Ritual de Louvação a Terra Sagrada

In Pai Cleon de Oxalá on Junho 24, 2012 at 12:55 am

A frente  do Reino de Oxalá estava lotada quando Pai Cleom entrou no salão para bater cabeça aos orixás.

0208

Centenas de pessoas acompanham a entrada triunfante do Baba Cleon.

01530155

Ato de bater, neste momento  pode ser entendido como um sinal de  humildade, também como uma forma de agradecimento ao Orixá Oxala, aquele que rege a sua vida, e o conduz num crescente continuo abrindo-lhe  novos campos de atuação  interno e permanente.0234

Imediatamente começa a cerimônia de louvação a terra sagrada

0233

O monumento , além de  receber outros rituais previamente antecipados, no dia foi batizado com água da quartinha de Pai Xangô

0235

                               Com a quartinha de Oxum

                                      0236

Todo, esse ritual foi feito , dentro da aura musical dos cânticos  dedicado a orixá  Oxum.

0239

Com  a consagração da àgua da quartinha  de Pai Oxala

0240

Pai Oxala , em especial, dono do ori, de Pai Oxalá, autorizou o seu filho, a cumprir grandiosa missão. Esta  concretização de um sonho,  que agora  podemos dizer, é  real, por  expressar profundamente o sentimeno de respeito e comprometimento  com a religião.

02410242o

Essa terra de Cabinda , plantada no monumento , que fica do lado  esquerdo do Reino de Oxalá,tem muitos  sentidos : Para fortalecer os laços simbólicos   Ilê de Pai Cleon, com o continente africano.. Dar  maior visibilidade as relações da religião africana  com a “terra” que para  nós é muito sagrado.

02430244

Pai Cleon, mostra como é que se faz, exemplo para sua  familia religiosa  filhos , netos , bisnetos e tataranetos. Valorizar, respeitar e honrar,  seu orientador espiritual, isso é, independente em que plano está.

02500251

Atividade ritual, que nesta data  envolve uma potência alegre e festiva !

0253

Louvação  aos ancestrais, também podemos  relacionar aos processos de recriação da cultura negra fora da África, perfazendo os  sentidos culturais da diáspora negra

02610262

No final da celebração, houve  dois  momentos muito emocionante, Pai Cleon beija o monumento. como forma de expressar respeito, depois ele abre a bandeira da Cabinda que até o momento carregava sobre o ombro. Por fim , convida todos os presentes para adentrar ao Reino de Oxalá.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: