Revista Online Conexao Afro

Decoração africana em alta

In Comunidade Tradicional de Terreiros on Outubro 1, 2011 at 11:56 pm

N°o1- 02de outubro -Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

de angelo

As riquezas culturais da África estão mais do que presentes em nosso país. Além das heranças culturais, como palavras, a gastronomia, o samba, e muito mais, a arte africana também está presente no Brasil, e é cada vez maior o número de interessados nas esculturas e peças que o povo africano produz para serem usadas como objetos de decoração, dando um toque de rusticidade ao ambiente.

Uma das lojas mais conhecidas no ramo da “decoração africana”, a Africarte nasceu com a proposta de trazer ao Brasil um pouco da cultura de lá. Fruto de oito anos de imersão dos irmãos Cláudio, Ana Paula e Márcia Holanda na herança africana, com direito a muitas idas e vindas do continente, a loja atua no Rio desde junho de 2010, e os diretores da empresa já possuem um showroom com um acervo de mais de 1.500 peças de madeira importadas diretamente da África, além de colares, pulseiras e tecidos, tudo feito cuidadosamente por artesãos locais.

O sucesso é tão grande que cerca de 27% do volume de peças importadas desde o início do trabalho já foram vendidas. Para o diretor executivo da empresa, Cláudio Holanda, a cultura e a etnia do povo brasileiro muitas vezes se mesclam com a do povo africano em vários aspectos, então, é muito importante trazer para cá esse aprofundamento cultural.

– Queremos ampliar cada vez mais esse universo para um número maior de pessoas. Um continente que cobre 20,3% da área total de terra do planeta, com cerca de 900 milhões de habitantes, não pode passar despercebido – afirma.

De forma criativa e com acabamentos perfeitos, as peças de decoração africana vão de esculturas em madeira em forma de animais, máscaras e estátuas, até bonecas feitas de garrafas de plástico e tecido, retratando as mulheres zungueiras africanas, com seus filhos amarrados nas costas. Uma típica imagem do continente. Além disso, colares e pulseiras feitas de sementes das árvores imbondeiras, comuns por lá, compõem o rico acervo de opções.

– Se olharmos para a matéria prima e para a forma final das peças, veremos a riqueza artística, um trabalho feito com muito cuidado e que traduz o dia a dia desse povo, os costumes, a religião e a história. Uma aula de África para os apreciadores da arte -, finaliza Holanda.

Enviar Noticias :Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes 2011; clique aqui para acessar a página oficial do Ano
caracolesconexaoafro@gmail.com
Falar com Mãe Carmen de Oxala : (51) 97010303 e 30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

http://www.onu.org.br/anoafro2011/

CampanhaAno Internacional afrodescendente

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: