Revista Online Conexao Afro

Seppir seleciona projetos de mapeamento de clubes sociais negros do Brasil

In Conexão Afro, negritude on Agosto 5, 2011 at 9:41 pm

N°o1- 5 de Agosto ano 2011 -Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

mamapress | agosto 6, 2011 at 1:07 am | Categorias: clubes sociais negros | Categories: Negro também tem memória, Quilombo | URL: http://wp.me/p4f0r-V3

Li esta notícia primeiramente no blog Clubes Sociais Negros

Oliveira Silveira, ao ser um dos mentores do conceito consciência negra na década de 70, não imaginaria que aconteceria tão rápido a emissão de um edital para a catalogação dos clubes negros no Brasil. Vamos esperar que pelo processo de pontuação e parâmetros burocráticos necessários, pelo menos alguns negros participem desta pesquisa e possam ganhar um trocado para continuarem frequentando seus clubes negros.

As entidades negras que criaram todos este movimento, agradecem, pode ser um incentivo a que os negros no Brasil procurem ocupar mais os espaços universitários, de ONGS e OCIPS, para que possam concorrem em igualdade com os institutos de pesquisa em que os negros ainda não tem uma representatividade.

De qualquer forma é uma iniciativa positiva, é o reconhecimento, tardio, mas sempre a tempo e oficial de um mundo negro, até agora paralelo na sociedade. Valeu SEPPIR. (marcos romão)

Nota enviada pela Coordenação de Comunicação SEPPIR

Data: 04/08/2011

Convocação foi feita através de chamada pública divulgada hoje (05) no Diário Oficial da União. Instituições poderão inscrever propostas até 05 de setembro

A Secretaria Políticas de Promoção da Igualdade Racial – Seppir, divulgou hoje (05), a Chamada Pública 01/2011 para seleção de projetos que visem ao mapeamento dos Clubes Sociais Negros do sul e sudeste do país. Órgãos ou entidades públicas ou privadas sem fins lucrativos poderão inscrever suas propostas até 05 de agosto. Serão contemplados dois projetos, no valor máximo de R$250 mil cada, sendo um por região. A íntegra do Edital pode ser lida neste link.

A finalidade deste chamamento é a realização de mapeamento dos Clubes Sociais Negros, possibilitando o conhecimento da história negra no Brasil e, por conseguinte, facilitando a execução de ações voltadas ao apoio e manutenção da memória destas entidades. As iniciativas selecionadas serão executadas a partir de convênio ou termo de cooperação técnica firmado com a Seppir para realização de pesquisa, organização e cadastro dos Clubes Sociais Negros.

As propostas de Convênios deverão ser cadastradas no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv), junto ao Órgão 20126 – Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Programa nº 2012620110056 Chamada Pública, no portal de Convênios (www.convenios.gov.br). Já os Termos de Cooperação deverão ser encaminhados, em envelope lacrado, para o endereço: Esplanada dos Ministérios, Bloco A, 9º andar, Brasília-DF, CEP: 71.054-906, contendo na frente do envelope a identificação “Região Sul ou Região Sudeste”, conforme proposta apresentada.

Segundo conceituação de Oliveira Silveira, articulador e membro da Comissão Nacional dos Clubes Sociais Negros, estas entidades são espaços associativos do grupo étnico afro-brasileiro, originário da necessidade de convívio social deste segmento, voluntariamente constituídos, com caráter beneficente, recreativo e cultural, desenvolvendo atividades num espaço físico próprio.
OBRIGADO, MINHA TERRA
Oliveira Silveira

Obrigado rios de São Pedro
pelo peso da água em meu remo.
Feitorias do linho-cânhamo
obrigado pelos lanhos.
Obrigado loiro trigo
pelo contraste comigo.
Obrigado lavoura
pelas vergas no meu couro.
Obrigado charqueadas
por minhas feridas salgadas.
Te agradeço Rio Grande
o doce e o amargo
pelos quais te fiz meu pago
e as fronteiras fraternas
por onde busquei outras terras.
Agradeço teu peso em meus ombros
músculos braços e lombo.
Por ser linha de frente no perigo
lanceando teus inimigos.
Muito obrigado
pelo ditado
“negro em posição
é encrenca no galpão”.
Obrigado pelo preconceito
com que até hoje me aceitas.
Muito obrigado pela cor do emprego
que não me dás porque sou negro.
E pelo torto direito
de te nomear pelos defeitos.
Tens o lado bom também
– terra natal sempre tem.
Agradeço de todo o coração
e sem nenhum perdão.

(do livro Pêlo escuro, 1977) poema copiado do blog sibilina em artigo de Ronald Augusto

 

Enviar Noticias :
caracolesconexaoafro@gmail.com
Falar com : (51) 97010303 e 30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

CampanhaAno Internacional afrodescendente

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

caracoles: (51) 97010303 e 30556655

maecarmendeoxala@hotmail.com

CampanhaAno Internacional afrodescendente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: