Revista Online Conexao Afro

Departamento de Proteção ao Patrimônio Afro-brasileiro tem novo diretor

In Comunidade Tradicional de Terreiros, Conexão Afro, negritude, Polítca on Maio 27, 2011 at 12:31 am

N°o 1- 27  de  Maio ano 2011 -Guaíba- RS -Brasil
REVISTA CONEXÃO AFRO

Joceline Gomes

Foto: Daiane Souza / FCP

AlexandroAlexandro da Anunciação Reis, novo diretor do Departamento de Proteção ao Patrimônio Afro-Brasileiro

Por Joceline Gomes

Nomeado oficialmente no dia 06 de maio, Alexandro da Anunciação Reis é o novo diretor do Departamento de Proteção ao Patrimônio Afro-brasileiro (DPA) da Fundação Cultural Palmares. Membro da Coordenação Nacional de Combate ao Racismo do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Reis é militante do movimento negro, das comunidades quilombolas e de terreiro e defensor da educação pública, gratuita e de qualidade.

Nascido no Terreiro Bate Folhinha, localizado no bairro Campinas de Pirajá, na capital baiana, cursou Ciências Econômicas na Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Administração e Gestão de Negócios na Faculdade Visconde Cairu.

MILITÂNCIA – Militando contra o racismo, filiou-se à União de Negros pela Igualdade (UNEGRO), participou da Coordenação Nacional de Entidades Negras (CONEN) e do movimento contra a intolerância religiosa, além de ter sido membro do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional da Bahia.

Coordenou diversos eventos, entre eles, o III Seminário Racismo e Relação de Gênero na Sala de Aula, realizado em 2003 na Faculdade de Educação da UFBA; o I, II, III e IV Seminário Exu em Debate – “Da compreensão à superação da ignorância”; e o Seminário Feira de São Joaquim.

Também organizou a publicação “Exu em Debate – da Compreensão à Superação da Ignorância”, e ainda o material que balizou o pedido de reconhecimento da Feira de São Joaquim como bem cultural de natureza imaterial junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

BRASIL QUILOMBOLA – Antes de chegar à Palmares, Alexandro Reis foi secretário de Políticas de Ações Afirmativas e de Políticas para as Comunidades Tradicionais da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR/PR). No último cargo, coordenou o Programa Brasil Quilombola, que visava à implementação de políticas de promoção da melhoria da qualidade de vida das comunidades quilombolas.

Entusiasmado com o início das atividades na Fundação, Reis parabeniza o trabalho da Palmares e se coloca à disposição para aprimorar o que já vem sendo feito:

“A Palmares cumpriu a tarefa histórica de vencer a invisibilidade das questões da população negra na administração federal, agora tem o desafio de contribuir decisivamente para o avanço e consolidação de políticas culturais articuladas com desenvolvimento econômico e social para os afro-brasileiros. Participar desse desafio, tendo em vista a efetiva proteção e promoção de políticas culturais para as comunidades quilombolas e de terreiro, é a diretriz do nosso trabalho à frente do DPA.”

______________________________________________________________________________________________________________

caracolesFALAR com Mãe Carmen de Oxalá

Fone: (51) 30556655 / 97010303 e 84945770

maecarmendeoxala@hotmail.com

CampanhaAno Internacional afrodescendente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: